Depoimentos

"Minha mãe está na Bem Viver há quatro anos e no próximo mês a “Dona Carmélia”, como é conhecida pela equipe da instituição, estará completando 95 anos. Nossa família decidiu na época em trocar os cuidados que ela recebia em casa pelos cuidados em uma instituição de longa permanência para idosos, pois ela já estava com um quadro de demência avançada além de limitações de locomoção. Depois de muita procura finalmente encontramos a Bem Viver e foi uma experiência de confiança e aprendizado constante desde então, pois fomos muito bem acolhidos pela instituição tanto minha mãe como a família e só temos a agradecer pelo carinho e profissionalismo dedicados por toda a equipe."
Francisco
“Quando percebi que minha mãe, que sempre fora independente, agora viúva e com o avanço da idade, começava a realizar tarefas cotidianas com dificuldade, compreendi que ela precisaria de maiores cuidados. Conversamos a respeito e ela mesma sugeriu que seria uma boa ideia ir para a Bem Viver, pois havíamos tido uma ótima experiência de acolhimento com meu pai, que após sofrer um AVC com sequelas e necessidades que não conseguiríamos suprir em casa, foi impecavelmente cuidado. Sou muito grata pelo cuidado e carinho de toda a equipe.”
Lídia
“A minha eterna Gratidão a todos do Residencial Bem Viver, onde optei por deixar minha mãezinha aos cuidados desta equipe que zelam com todo carinho e profissionalismo que um idoso precisa. Obrigada pelas orientações sobre o Alzheimer onde me fez entender o quão triste é esta doença, com leveza e praticidade tudo foi se encaixando e nos tornando uma grande família.”
Deise
“Recomendo sim o "Bem Viver", pois eles são 10, muito atenciosos, carinho etc... Minha tia ficou no "Bem Viver" no período de 2017 e só não está mais lá porque veio a falecer por conta da idade avançada (94 anos), só tenho a agradecer a todo pessoal do "Bem Viver". Boa sorte pra vocês todos”
Margareth
"Acredito que posso resumir o BEM VIVER em duas palavras: AMOR e TRANQUILIDADE. AMOR, pois é o modo como vejo que cuidam de minha mãe, e desta forma, eu e minha família ficamos TRANQUILOS em saber que ela está tendo o carinho e atenção tão merecidos. Sinto que são uma extensão de nossa família!! Obrigada meus queridos!!"
Daniela
"Há cinco anos iniciamos nosso convívio com a Instituição Bem Viver e nesse período as novas experiências vividas pela minha mãe foram as melhores possíveis o que nos permite afirmar que a dedicação, carinho e sobretudo o amor dispensado por toda a equipe da família Bem Viver transmite muita segurança e conforto".
Fernando
"Eu sempre me emociono ao lembrar do momento em que busquei o Bem Viver para ser moradia da minha mãe, Graziella Servidone Poderoso. Lá encontrei profissionais capacitados para cuidar da minha mãe. Pessoas educadas, carinhosas e muito competentes. O Bem Viver tem clima de família, aconchega os idosos. A minha mãe se adaptou rapidamente e teve grandes progressos até então reconhecidos pela medicina. A família Bem Viver me surpreendeu em todos os momentos!🙏
Gracia
" Só tenho elogios a fazer ao Bem Viver Residencial e Geriátrico!! Penso que essa clínica possui um grande diferencial... Amor. Sim, eles tratam todos os internados como se fossem da família. Agradeço muito pelo carinho, cuidados e competência que tratam não só da Mônica, como de todos aqueles que tanto dependem dos cuidados necessários. Parabéns à administração e todo quadro de funcionários."
Claudia
“Conheci a casa no Natal de 2020, quando optei em deixar minha mãe após uma fratura do fêmur e o diagnóstico de uma doença progressiva. Sempre tive um conceito meio distorcido sobre deixar um familiar na casa de repouso, e quando conheci o residencial, pude ver o trabalho maravilhoso que realizam. São profissionais dedicados, que ajudam o idoso, mas principalmente acolhem os familiares. Prestam um trabalho de excelente qualidade, mantém os idosos ativos realizando atividades interativas, além disso, neste momento de pandemia, onde não possível ter o contato físico, podemos fazer ligações de vídeo e nos manter próximos dos nossos familiares. Hoje deito a cabeça no travesseiro com a certeza de que minha mãe está recebendo os melhores cuidados.”
Cássia
"Em janeiro/2020, decidi procurar uma instituição para me auxiliar a cuidar dos meus pais e busquei no google (por região) um local que oferecesse serviços de enfermagem e cuidados em tempo integral. A primeira instituição que visitei foi o BEM VIVER e foi amor à primeira vista! Simplesmente apareci na porta da casa, sem nenhum contato anterior, sem recomendações, sem nada! Fui prontamente recebida, aguardei uns minutinhos para conhecer o espaço e logo tive certeza que havia encontrado a casa certa. Cheguei praticamente no horário do jantar, o cheiro da comida estava delicioso, invadia a casa toda! Percorri todos os cômodos e tanto os funcionários quanto os idosos me receberam com sorriso no rosto e atitude carinhosa. Sai do BEM VIVER com o coração quentinho, feliz por encontrar um espaço tão acolhedor e com uma energia tão boa pra cuidar dos meus pais e de nós, familiares. Meus pais foram morar na casa em janeiro/2020 e, desde então, já passamos por várias situações que requereram atenção e cuidado da equipe BEM VIVER, sempre deu certo! Sinto-me segura e amparada, meus pais são atendidos por pessoas que reúnem, além de competência profissional, amor e entrega na convivência e nos cuidados contínuos."
Cristina
“Cleber Amato - procuramos muitos lugares para dar o suporte adequado a nossa mãe, Neusa, mas somente no Bem Viver ela se sentiu bem e teve melhoras nas suas limitações. Muito obrigado Bem Viver.”
Cleber
“A Bem Viver, num certo momento da vida da minha mãe, foi muito importante. Ela tinha Alzheimer e precisava de uma atenção especial, por causa da doença. Uma casa que a acolheu com muito carinho e onde foi muito bem tratada. E eu, que a visitava diariamente, pude acompanhar bem de perto, todos esses cuidados com ela e com os outros pacientes!!”
Raquel
"No começo foi difícil aceitar que nossa Francisquinha não teria mais condições de morar sozinha, tampouco com um dos seus três filhos, tal o nível crescente de dependência e cuidados especiais exigido pelo Alzheimer. Muito mais fácil, porém, seria reconhecer, pouco tempo depois, que em nenhum momento nossa mãe foi abandonada, sensação de culpa frequente quando se toma tal decisão. Pelo contrário! No Bem Viver eu e meus irmãos tivemos, ao longo dos quatro anos em que lá ela permaneceu, a certeza de que dificilmente encontraríamos outra casa capaz de proporcionar tanto amor, seriedade, respeito, dignidade e muita competência por parte da direção e seus colaboradores. Melhor ainda, com o clima de uma verdadeira família, como percebíamos em nossas prazerosas visitas semanais, inclusive para matar saudades das outras “meninas” e “meninos”, que acabaram se tornando igualmente eternos em nossos corações. "
Wagner
Agradeço à Família BemViver pelo carinho e dedicação que dispensaram a minha mãe, Dona Celide, por todos esses quase 7 anos de convivência e cuidado. Todos sempre dispostos a zelar pela saúde e bem estar dela e dos demais pacientes. Lá é um local para o cuidado dos nossos idosos, é um segundo lar para aqueles que necessitam de atenção, conforto, alimentação saudável , respeito e acima de tudo muita compreensão e carinho. Obrigado! Obrigado! Obrigado!
Izilda
Escolhi a Casa Bem Viver , pois estava dentro do que eu imagina ser melhor para o meu bem mais precioso que era minha mãe... Minha ficou por 10 anos aos cuidados dessa família que tanto respeito e admiro... Só tenho Gratidão por todos!!!!
Rosana
Meu nome é Frank. Sou neto da Sra. Angelina, que ficou aos cuidados da BEM VIVER por quase três anos, até o seu falecimento em 2019. Nesse período, foi muito bem assistida, com atendimento humanizado, acompanhamento médico, usufruindo de ótima infraestrutura, alimentação balanceada e atividades recreativas. Um local que proporcionou a ela qualidade de vida e dignidade. Que bom seria se tivéssemos muitas instituições desse nível e que todos os idosos que precisassem, pudessem ter acesso a elas.
Frank
Quando a gente se vê diante da necessidade de deixar uma pessoa querida sob os cuidados de uma clínica, o coração aperta… A clínica Bem Viver entende esse sentimento e acolhe não só o paciente, mas a família também. O carinho e o cuidado é o principal diferencial dessa equipe maravilhosa. Meu pai era bem tratado, recebia um excelente acompanhamento médico, vivia cheiroso e rodeado de carinho e até hoje é lembrado por todos da clínica. Respeito e admiro demais o trabalho de vocês e tanto eu como minha família seremos sempre gratos!
Marcelo
Foi um segundo lar para minha mãe e me sentia em casa com a boa energia que todos passavam para as famílias....🙌 gratidão
Edna
Minha querida mãe viveu o restante da vida nessa casa, que cuidou muito bem, com carinho de todos e muito amor. Meus agradecimentos a todos por tudo que fizeram por ela. Gratidão 🌷🙏
Noemi
Quando meu tio precisou de uma clínica passei a visitar várias, mas nenhuma me agradou, Deus é tão bom q errei o caminho e passei em frente à Bem Viver, qdo visitei me apaixonei. Meu tio ficou alguns anos na clínica até seu falecimento, só tenho a agradecer, sempre muito bem cuidado.
Rosangela
Por 5 anos a vó Henriqueta esteve aos cuidados de vocês e foi só carinho, dedicação e muita atenção para todas as suas necessidades. Recomendo sempre!! Parabéns!!
Cleuza
Minha Mãe ficou neste residencial quase dois anos e foi muito bom para mim e para ela, mamãe foi tratada muito bem com todas as necessidades que precisava, fiquei tranquila com ela no residencial, só tenho à agradecer a todos por tudo e até a partida da minha mãe me deram todo o apoio.. Obrigada por tudo.
Margareth
Tive a oportunidade de ter a minha sogra residente no Bem Viver por 3 anos. A escolha foi feita por causa dos processos definidos para o acompanhamento do idoso assim como o funcionamento da Residência, muito profissional e com forte embasamento técnico de como uma casa que acolhe idosos deve funcionar. Porém, ao chegar encontrei um ambiente caloroso, muito preocupado em atender as necessidade individuais do idoso e da família. Só temos a agradecer o acolhimento que tivemos na Casa de Repouso Bem Viver!
Celia
O BEM VIVER e vocês foram muito importantes numa fase bem delicada e com grande responsabilidade para a minha vida! Eu não consigo escrever em uma frase tudo o que vivemos, daria um livro! Nossa história envolveu muito sentimento, responsabilidade e comprometimento! Eu só posso resumir essa experiência vivida no Bem Viver, com a mesma conversa que tive com o meu pai dias antes de incluí-lo neste local, onde passou a ser o novo lar dele. Confiei a vocês ele o meu tesouro, o grande amor da minha vida o Sr. Gallão, como todos o chamavam. Meu pai Luiz Gallão Neto. Minha conversa foi assim: "Pai, quando eu era criança, você não me perguntou se eu queria." "Simplesmente o senhor me deu o melhor estudo, a melhor alimentação, os melhores ensinamentos com a devida responsabilidade perante a vida.” “Eu cresci e me tornei uma mulher e procuro agir e fazer aos meus semelhantes como eu gostaria que as pessoas fizessem comigo. Tudo com muito respeito e amor.” “Pai, diante de todo o contexto em que vivemos, a partir de hoje eu vou acomodá-lo numa casa onde eu quero ficar quando chegar o meu tempo". Recebam a minha gratidão, respeito e amor por tudo que fizeram pelo meu pai. E não esqueçam, reservem a minha vaga para o momento devido. Beijos no coração!!💖 Vera Gallão
Vera Gallão
Minha sogra havia ficado em uma casa de longa permanência durante 2 anos e tivemos experiências traumáticas. Ficamos com ela em casa durante 5 meses, mas......, nossas condições financeiras, psicológicas, e a falta de profissionais qualificados para tratá-la nos fez procurar novamente uma casa de longa permanência. Foi aí que conheci a Bem Viver em meados de 2017 através de uma indicação. Fui recebida pelo Rafael e fui muito bem atendida. Resumindo minha sogra ficou aos cuidados deles durante 2 anos. Foi um tempo que pudemos "descansar" e que ela teve menos internação por pneumonia desde 2015 . Então eu só tenho a agradecer a Deus por ter preparado a Família Bem Viver para nos ajudar. Eles sempre nos passaram confiança, profissionalismo, idoneidade, amor pelo que fazem, respeito, enfim até hoje temos um ótimo relacionamento e minha gratidão é infinita.
Ester
Meu nome é José sou muito grato ao pessoal do Bem Viver todos em geral ,por cuidar de minha mãe Emília (Mimi) com toda dedicação e carinho de sua equipe, graças a vcs minha mãe teve um tratamento digno por vários anos. Muito Muito obrigado a todos do Bem Viver.
José
Olá, meu nome é Rosana e eu gostaria de contar como foi a experiência em ter minha mãe, Roselis Rolim de Almeida, hospedada na Casa de Repouso Bem Viver. Quando percebi que minha mãe estava perdendo gradual e lentamente suas funções motora e cognitiva, devido a alguns episódios de AVC, sabia que, num futuro muito próximo, ela precisaria de ajuda profissional além dos médicos. Contratamos “cuidadoras" para auxiliá-la durante todo o dia, na sua locomoção, higiene e alimentação, além de uma fisioterapeuta para exercitá-la 3 vezes por semana. Foi um período difícil, estressante e delicado, porque as condições de saúde dela se agravavam... Após 6 meses, optamos por colocá-la numa instituição particular. Através de indicação de uma colega fui conhecer a Casa de Repouso “Bem Viver". Sem agendamento prévio, pedi para conhecer a "casa". Fui prontamente recebida e gostei do que vi: ambientes limpos e arejados; idosos acompanhados em atividades distintas, outros na sala de convivência acomodados em poltronas individuais reclináveis, sempre sob a vigilância de auxiliares de enfermagem. Perguntei sobre acompanhamento médico, enfermagem, alimentação e horários de visita. Fiquei satisfeita com as respostas e a com administração da instituição. Minha mãe viveu na “Casa de Repouso Bem Viver” por quase 3 anos e veio a falecer em Outubro de 2018, com 87 anos. Tenho a certeza de ter tomado uma decisão difícil, mas a melhor da minha vida. Ela foi muito bem cuidada, e eu ouso a dizer que, se ela estivesse em casa, mesmo com o carinho e cuidado da família, seu atendimento seria precário. Obrigada à Equipe Bem Viver! Rosana Rolim de Almeida.
Rosana
Nonô!! Uma estrela que brilha nó céu!! Recomendo e compartilho o tratamento, atenção e Carinho que nossa mãe teve durante nove anos junto à família Bem Viver. Restou Saudades e eterna gratidão! 🙏
Noêmia
Reconhecimento e gratidão sempre ao querido Israel, Rafael e toda Equipe do Bem Viver. Em junho de 2013, quando papai teve um AVC isquêmico, meu mundo caiu. Estava na escola, trabalhando, quando recebi uma ligação do meu primo, dizendo que meu pai havia tido um AVC e já estava sendo transportado ao hospital Santa Marcelina. Na época, meu pai aposentado, com 82 anos ainda trabalhava, apesar da idade. Sempre fora muito ativo, saudável, trabalhava com meu primo, sobrinho e chefe dele. Liguei para meu esposo imediatamente, sem os pés no chão, muito chocada com a notícia, não tinha condições de dirigir até o hospital. Meu esposo veio e levou me até o hospital. Nunca pensei em viver o que estava vivendo. Ali iniciava uma fase difícil e triste. Meu pai ficou internado por cerca de vinte, vinte e poucos dias. Não chegou a um mês. Quando certo dia, conversei com o médico que o acompanhava , em uma das visitas, como sempre fazia. Aguardava o médico para saber exatamente o estado clínico do meu pai. Naquele momento, do qual nunca vou me esquecer, o médico, que não me lembro o nome, comunicou -me que meu pai teria alta no dia seguinte, uma sexta feira. Fiquei perplexa! " Alta?????? Como, Doutor??? Meu pai não come pela boca, não anda, quase não fala , o que fala não dá para entender....como !?!?" Na época, mamãe também com 82 anos , que já não podia mais ficar sozinha, eu trabalhava 14 horas por dia, como iria cuidar do meu pai??? De fato, meu mundo caiu. Nunca imaginei passar por tudo aquilo e ainda o que viria pela frente. Pedi, encarecidamente ao Doutor para aguardar até a segunda para dar alta, pois teria o final de semana para encontrar uma clínica de repouso que pudesse cuidar do meu pai com toda qualidade que ele merecia. Meu pai era nervoso, duro, muitas vezes, ríspido, mas muito , muito trabalhador e honesto. Trabalhou durante décadas sem férias para dar uma formação digna aos filhos. E era com esta mesma dignidade que eu desejava que meu pai fosse tratado. Expliquei tudo ao médico e graças a Deus, ele adiou a alta para a próxima segunda feira. Meu esposo e eu passamos aquele final de semana, procurando uma boa clínica para meu pai passar o tempo necessário que precisasse para se recuperar. Tinha a ilusão que ele voltaria a ser o que era. Não tinha referência nenhuma, ninguém próximo a mim, tinha passado por isso. Pesquisamos muito. Visitamos algumas, Meu Deus, como era difícil!!! As clínicas chamadas clínicas, mas que na verdade, pareciam " depósitos de idosos" , horrível! Cheiro de urina, mobília velha, ambiente pesado, idosos tristes, limpeza a desejar, alguns profissionais inseguros, vários idosos no mesmo ambiente....olhei desesperada para meu esposo, não era aquilo que buscava para meu pai. Deus ouviu minhas preces e sabia do meu coração, tenho certeza. A clínica Bem Viver, era uma das últimas a ser visitada. Quando entrei, já senti meu coração aliviado, percebemos logo no início, a diferença total desta clínica das outras. Não havia comparação. Lembro me do Israel nos atendendo com toda competência, segurança, profissionalismo, clareza, sem pressa, que nos encantou. Levou nos para conhecer os ambientes, outros profissionais. O ambiente tinha uma leveza, um acolhimento com os idosos que ali estavam, um respeito. Os idosos eram felizes ali, apesar de seus limites. Era aquele conceito e prática de clínica de repouso que queria para o meu querido pai. Meu pai merecia aqueles cuidados com todo carinho, trabalhou a vida inteira, uma vida marcada por lutas diárias, teve uma vida difícil. Era justo que tivesse agora cuidados em todos os aspectos. Pensei: mesmo que me prive de algo, mas meu pai ficará aqui o tempo que for necessário. Naquele momento, selei o compromisso que assumi, garantir o direito do meu pai ser muito bem cuidado naquela instituição, o tempo que fosse necessário. Na segunda-feira, buscamos meu pai no hospital e o levamos para a clínica, conforme havia combinado com o médico. Meu pai iniciou a permanência dele na clínica no dia primeiro de julho de 2013 e ficou até o dia 07 de maio de 2016. oram quase três anos. Infelizmente, o AVC que meu pai teve, deixou fortes sequelas, que o impediram de retornar para casa, como eu pensava e acreditava, no início. Mas tenho certeza, que se meu pai não estivesse nesta nominada clínica, ele não teria vivido tudo isso. E com toda qualidade. Lá, havia interação com outras famílias. Pareciam todos uma só família. Este clima fazia muito bem a todos, aos idosos e aos seus familiares. Esta relação nos fortalecia, diante das nossas fragilidades. Meu pai teve acompanhamento com a fisio, a fono, nutricionista, além dos cuidados podológicos. Tudo fazia a diferença na vida do meu pai, assim como na vida dos outros idosos. Cada detalhe da clínica colaborava para o bem estar dos idosos. O cheiro gostoso das refeições, as paredes claras, limpas , as cortinas com cores suaves, tecido de vual para dar leveza ao ambiente; sem contar a exposição com as fotos dos idosos participando dos momentos musicais, festivos, como festa junina, Natal, aniversariantes do mês; valorizando, dando voz ao idoso, destacando a preservação de sua identidade. Percebia que toda ação, trazia uma intenção. Nada era solto. Tudo planejado, com objetivos. Nada feito só para preencher o tempo, só porque atendia idosos. Infelizmente, meu pai partiu, mas viveu dias, semanas, meses, anos , com profissionais comprometidos com a sua melhora, com o seu bem estar em todos os sentidos. Agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de conhecer esta clínica tão diferenciada , de ter dado ao meu pai a possibilidade de vivenciar os últimos anos de sua trajetória com tamanha qualidade de vida, tendo a dignidade que tanto merecida. Aprendi muito nestes três anos. Imensa gratidão a você, querido Israel, Rafael e a toda sua Equipe. Vocês fizeram a diferença na vida do meu pai e na minha, também. Pude tranquilizar meu coração nesse período, porque sabia que papai estava em boas mãos. Que Deus os proteja , sempre!!!
Cleonice
Quando eu e meus irmãos demos conta de que não tínhamos mais como cuidar da nossa mãe, pois precisava de tantos cuidados, o Alzheimer avançando, foi muito difícil aceitar em levá-la para uma casa de repouso. O residencial Bem Viver foi uma indicação de uma amiga e os primeiros dias eu e meus irmãos nem dormíamos, preocupados com ela. Com o tempo vimos que foi a melhor decisão que tomamos. Nossa mãe Filomena, chamada carinhosamente de Filó por todos do residencial, morou por dois anos nessa instituição. Foi muito bem cuidada, fisioterapia, fono, nutricionista, enfermeira, as auxiliares, e víamos muito amor pelo trabalho com os idosos. A casa bem estruturada, sempre limpa, espaçosa, como diz minha irmã, uma casa de luz. Fomos bem acolhidos nas nossas visitas. Só gratidão à vocês do “Bem Viver”.
Wilma
Foram quase quatro anos de convivência, que através dos cuidados dos profissionais e colaboradores do Bem Viver, proporcionaram qualidade de vida a minha mãe, Olyvia. Por ela não conseguir mais andar, precisávamos colocá-la em um lugar onde além de ter uma boa estrutura e assistência, tivesse o aconchego de um lar, igualmente ao que ela tinha na minha casa. Fora a estrutura que a maioria das casas de repouso tem, mais fisioterapia, fonoaudiologia, nutricionista, médica, enfermagem e outras coisas, havia um diferencial. E foi esse diferencial que conquistou a mim e a minha mãe, que era lúcida, indo além do profissionalismo, do carinho, do aconchego e do amor. Tenho muita gratidão por toda essa família que conduz à casa Bem Viver e que passou a ser nossos parentes. Se no futuro eu precisar, é para lá que gostaria de ir.
Margareth
Rolar para cima

Atendimento via WhatsApp